elemento flutuante

Como melhorar a logística no e-commerce e superar desafios

A logística no e-commerce é decisiva para o sucesso do negócio. Se bem administrada, coloca uma empresa à frente da…

Pegaki

23 de maio de 2022

6 min. de leitura

A logística no e-commerce é decisiva para o sucesso do negócio.

Se bem administrada, coloca uma empresa à frente da concorrência, mas uma má gestão neste sentido pode comprometer seriamente.

Isso porque quem vende pela internet depende de uma rede de distribuição para entregar os produtos no prazo estabelecido e em perfeito estado.

Claro que, nesse contexto de alta competitividade, ganham os que conseguem entregar mais em menos tempo pelo menor custo possível.

Essa é uma possibilidade real, desde que você empregue os meios certos e conte com o suporte de parceiros estratégicos.

A importância da logística no e-commerce

Sem uma ampla cadeia de suprimentos, simplesmente não haveria comércio, nem físico, tampouco eletrônico.

No segmento online, ela tem um papel central, já que é por meio dos atores envolvidos nas rotinas de entregas que os e-commerces podem se manter ativos.

O diferencial de uma loja online é justamente oferecer ao cliente a possibilidade de comprar de onde estiver e receber os produtos onde preferir.

Dessa forma, é indispensável que toda uma infraestrutura composta por empresas de logística, veículos e dispositivos de rastreamento seja mobilizada.

Desafios logísticos no e-commerce

Já faz bastante tempo que o modal de transporte predominante no Brasil é o rodoviário.

Ainda assim, o país apresenta problemas estruturais graves nesse segmento, com 59% das nossas rodovias em estado precário de conservação e sinalização.

E a má qualidade da malha rodoviária não é o único obstáculo.

Roubos de cargas, pedágios caros e apólices de seguro salgadas tornam ainda mais difícil a vida de quem precisa fazer entregas em território nacional.

Isso sem contar a própria desconfiança em relação a compras pela internet.

Em pesquisa publicada no portal IG, 70% dos consumidores revelaram terem receio de comprar online.

Embora não seja um desafio logístico, é preciso considerá-lo, uma vez que tem impacto direto nas vendas e, em consequência, sobre as operações logísticas como um todo.

Como melhorar a logística no e-commerce

A boa notícia é que existem meios para melhorar a logística no e-commerce sem precisar investir pesado.

Como veremos na sequência, a maior parte deles demanda basicamente a aplicação de soluções digitais.

Isso implica um custo mais baixo, uma vez que essas soluções são escaláveis, ou seja, geram resultados acima da média sem demandar altas somas.

Cabe ressaltar que boa parte delas se apoia na “economia de compartilhamento”, que mobiliza recursos de diferentes empresas e pessoas físicas.

Conheça alguns deles a seguir.

Pick up points

Amplamente difundido na Europa e Estados Unidos, o modelo de entregas conhecido como pick up & drop off (PUDO) já é uma realidade no Brasil também.

Ele se caracteriza por colocar a serviço de uma rede de distribuição pontos de venda já existentes, lojas cadastradas e até armários inteligentes (lockers).

Esses são os pick up points, que, como o nome sugere, funcionam como locais em que os clientes podem retirar as mercadorias compradas online.

Trata-se de uma solução que reduz o custo do frete, ao diminuir a necessidade de percorrer rotas de entrega porta a porta.

Para o cliente, é mais prático, porque dispensa a permanência em casa ao direcionar a entrega para um ponto de sua escolha.

Cálculo de frete

Pesquisa publicada no portal TI Inside revela que, ao comprar pela internet, o brasileiro gosta mesmo é de promoções e de frete grátis.

Como sabemos, toda entrega gera um custo, que deve ser coberto por uma das partes envolvidas.

Como garantir, então, a satisfação do consumidor, seja reduzindo ou até eliminando o custo com o frete?

Uma resposta para isso está nas ferramentas para cálculo de frete, com as quais você se habilita a conhecer as melhores condições para fazer uma entrega.

Aplicação da tecnologia

Embora os Correios centralizem boa parte das operações logísticas de entrega no Brasil, existem meios de reduzir a dependência deles para entregar.

Isso é possível com a ajuda da tecnologia e de investimentos em soluções próprias, como fez o Mercado Livre, que hoje só realiza 20% de suas entregas pelos Correios.

Evidentemente, a sua empresa não precisa comprar uma esquadrilha de aviões para isso.

Na verdade, existem soluções de custo relativamente baixo, como as que a Pegaki oferece.

Desenvolvemos uma plataforma que conecta seu e-commerce aos pontos de coleta, dispensando os Correios sem que isso gere um custo proibitivo.

Inteligência de negócios

Mais conhecida como Business Intelligence (BI), a Inteligência de Negócios é um dos caminhos para colocar o conceito de Big Data para trabalhar a seu favor.

Para isso, é necessário implementar soluções em Data Analytics, de maneira que os dados gerados pelos seus clientes possam ser tratados e transformados em informação útil.

Ainda que todo gestor possa desenvolver a BI em seu negócio por conta própria, o ideal nesse caso é contar com o apoio de especialistas.

Data analytics

Por falar em Data Analytics, essa é a vertente em BI que permite que dados brutos sejam coletados, armazenados e submetidos a análises para gerar insights.

Talvez o melhor exemplo disso seja o célebre caso da UPS que, com a ajuda do software Watson, da IBM, descobriu uma forma engenhosa de poupar combustível.

Com o apoio da tecnologia, seus gestores descobriram que os custos com entregas podem ser reduzidos, desde que nas rotas os veículos evitem ao máximo virar à esquerda, segundo reportagem (em inglês) da CNN.

Outsourcing

A terceirização continua sendo uma forma de reduzir custos com entregas enquanto melhora a eficiência das rotinas de delivery.

Como vimos, uma forma de recorrer a essa solução é aderir ao sistema PUDO, em que plataformas como a Pegaki assumem as operações de entrega, conectando seu e-commerce às transportadoras e pontos de coleta.

Pegaki qualifica a logística de entregas para e-commerce

Para entregar em todo o território nacional com facilidade, você pode contar com os pontos de retirada da Pegaki.

Com nossa tecnologia omnichannel, tornamos a logística mais eficiente ao conectar transportadoras, centros de distribuição e pontos de consolidação.

Seja qual for o seu desafio para fazer entregas e otimizar logística, nós temos a solução.

Deixe seu comentário

Pegaki

23 de maio de 2022

6 min. de leitura

Inscreva-se em nossa newsletter

E receba por e-mail nossos conteúdos sobre Transporte e Tecnologia.